Jul 20, 2008

Encontros do Rio

Esta pequena pintura foi feita de memória porque a foto que tirei nos anos setenta ficou muito escura – foi tirada já ao por do sol depois de passar lá um grande dia a pescar com o meu tio e bom amigo JCDF. Fomos lá uma única vez porque é um lugar um tanto remoto. Muitas outras vezes ía-mos pescar a lugares mais acessíveis no Rio Dão ou no Rio Mondego.
Talvez por o esforço em chegar lá, este lugar deixou-me recordações especiais. O isolamento do lugar, o fim do dia, a casa rural com o fumo a saír da chaminé, a represa na ribeira de Beijós – que logo a seguir se junta ao Rio Dão – ficaram particularmente gravados na memória. Espero que pouco tenha mudado da próxima vez que eu possa voltar aqui.
*****
This sketch was done from memory since my foto, taken in the seventies, was too dark to show much detail. It is a remote place and maybe due to its isolation, it left strong memories from my fishing trips with my dear uncle and friend, JCDF. It is near Rio Dão, Beira Alta.
******
Aguarela, 12x17 cm, Papel Fabriano